De Futebol Flamengo loses in the Semifinals of the Carcioca Championship

Flamengo lost to Botafogo 1-0 in the semifinals of the Carioca Championship. The guys were sent packing.

Globo Esporte:”I mpossível não tratar como fracasso a eliminação do Flamengo no Carioca. A badalação entorno do elenco, o alto investimento e a superioridade – especialmente financeira… Nada disso se traduziu em bom futebol em campo. Esperava-se, no mínimo, que o time chegasse à final. Porém, é ainda pior a forma como se desenhou a queda diante do Botafogo, na derrota por 1 a 0, no Maracanã.

Está tudo errado? Difícil afirmar, uma vez que os titulares rubro-negros estavam invictos em 2018. Mas a impressão deixada é a pior. Sem brio, sem organização, sem critério, sem gol… resumindo, uma bagunça completa.

Carpegiani parece ter perdido a mão. O treinador teve uma noite desastrosa no Maracanã. Trocou meio time, piorou o que já não estava bem e terminou a partida com um bando em campo.

Ele abriu mão de suas convicções, do esquema adotado desde janeiro (4-1-4-1) e viu o Flamengo desmoronar diante de um Botafogo muito menos qualificado tecnicamente.

Incomodado com a falta de agressividade no empate contra o Fluminense, Carpegiani mudou tudo. Trocou os laterais, recuou Everton, escalou Vinicius Jr., voltou com William Arão, mexeu na zaga e ressuscitou o 4-3-3. Muitas mudanças e nenhum resultado. O time, que antes tinha dificuldade para criar, nada fez no ataque e ficou vulnerável defensivamente.

A bagunça do primeiro tempo piorou na etapa final. Carpegiani trocou tudo de novo. Na volta do intervalo, sacou seus dois volantes (Jonas e Arão), apostou em Cuéllar e mandou a campo Geuvânio, que sequer ficou no banco contra o Fluminense. Voltou para o 4-1-4-1 e depois escalou Marlos Moreno, que não era sequer relacionado há mais de um mês. Entendeu? Não se culpe. Uma verdadeira zona. O time não se encontrou e, nem com apoio da torcida – em número muito maior no Maracanã -, conseguiu pressionar.

Após o jogo, Carpegiani assumiu toda a responsabilidade. Disse que buscava uma equipe mais compacta (com Arão) e ousada (com Vinícius). Reconheceu, porém, que não deu certo e culpou o nervosismo do Flamengo em campo.

Não cogitou, no entanto, deixar o Flamengo. Diferentemente do vice de futebol, Ricardo Lomba, que colocou o treinador sob avaliação, não anunciou nenhuma medida de cabeça quente, mas deixou claro que o clube precisa de “mudanças para ontem”. A conferir.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/sem-brio-criterio-e-organizacao-bagunca-derruba-o-flamengo-no-carioca.ghtml

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s